⚠️ DANOS DO ÁLCOOL AO FÍGADO ⚠️


Você sabia que o álcool consumido é metabolizado pelo fígado e, por isso, esse órgão tem grande potencial de ser lesionado?


A doença alcoólica de fígado é diretamente influenciada pela quantidade consumida de álcool e pelo uso crônico, isto é, ao longo de vários anos.


Estima-se que entre 90% e 100% dos usuários pesados crônicos desenvolvam doença hepática gordurosa (acúmulo de gordura no fígado) como consequência precoce e ainda reversível. Com a manutenção do consumo, o álcool pode causar inflamação do órgão - hepatite alcóolica. Até 40% desses casos podem evoluir para cirrose - inflamação crônica irreversível do fígado que altera sua capacidade de funcionar adequadamente.


Os sintomas da insuficiência hepática, ou seja, do mau funcionamento do fígado, como náuses e vômitos, redução de apetite, amarelamento da parte branca dos olhos e da pele, e maior propensão a sangramentos, só aparecem quando um grande e irreversível dano ao órgão já ocorreu. Já os sinais, que podem ser identificados com exames complementares, como alteração de enzimas hepáticas, e das frações de proteínas, são alterados anteriormente.

Central de Atendimento

Tel: 51-3346-6100

  • Instagram Bioanálises
  • Facebook

©  2020 por Bioanálises

1280px-Siemens_Healthineers_logo.svg.png