Câncer de Mama e Ovários (genes BRCA1 e BRCA2)



A técnica de MLPA pesquisa a inserção e/ou deleção de informação genética nos genes, o que leva a uma mutação. O BRCA1 e BRCA2 são genes humanos que codificam proteínas supressoras tumorais.

Essas proteínas são responsáveis pela reparação no DNA, desempenhando um papel importante na manutenção da estabilidade do material genético das células.

Quando esses genes são mutados ou alterados, as proteínas supressoras não são produzidas ou perdem sua função, e desse modo não há reparo adequado do DNA. O resultado disso é uma propensão maior ao desenvolvimento de alterações genéticas que podem levar ao câncer.

Mutações específicas herdadas no BRCA1 e BRCA2 aumentam o risco de câncer de mama e ovário, em mulheres, e estão associados ao aumento de vários outros tipos de câncer. Juntas, mutações no BRCA1 e BRCA2 são responsáveis entre 20 a 25% dos casos de câncer de mama hereditário.

Central de Atendimento

Tel: 51-3346-6100

  • Facebook

©  2018 por Bioanálises

1280px-Siemens_Healthineers_logo.svg.png